É tempo de colocar o chapéu de palha e dançar quadrilha ao som de “São João”, o mês de junho é marcado por festas juninas em todas as regiões do Brasil e representam uma das maiores manifestações culturais em vários elementos, mas principalmente na alimentação.

Do bolo de fubá à canjica, o momento é de aproveitar a festa, mas sem descuidar da saúde! Confira alimentos saudáveis para investir nesse período!

1 – Milho

Quando a Festa Junina surgiu, as comidas eram para celebrar as colheitas da época em Junho, e um dos alimentos mais famosos e cultuados é o MILHO. Este é um alimento delicioso e muito coringa, porque conseguimos fazer diversas receitas culinárias como, por exemplo, pipoca, curau, bolo de milho, cuscuz, entre outros. O milho é um alimento fonte de fibras, nutriente que ajuda a aumentar saciedade, auxilia na digestão, controle do colesterol e açúcar no sangue. Além disso, é um alimento energético, ou seja, dentre as suas funções ele fornece energia para desenvolvermos as atividades diárias.

2 – Amendoim

amendoim é um dos alimentos também mais consumidos nas Festas Juninas. Torrado e salgado, é um petisco clássico, assim como a paçoca doce e o pé-de-moleque. Ele é rico em gorduras boas e proteínas que contribuem para o aumento da saciedade, além de possuir antioxidantes que atuam na prevenção do envelhecimento precoce e doenças cardíacas.

Uma dica: se fizer seu pé de moleque em casa, você pode adicionar sabores à sua preparação. Como, por exemplo, combinando amendoim torrado, cacau em pó e mel. Além de delicioso, fica bastante nutritivo.

3 – Coco

Existe o leite de coco, o coco ralado in natura, o açúcar de coco, a farinha de coco… O coco também pode ser usado como um coringa nas receitas saudáveis. Rico em vitaminas B e C, ele atua contra o envelhecimento precoce e na prevenção de  algumas doenças, como Alzheimer. É um alimento fonte de gorduras boas e promove o aumento da saciedade, sendo um bom aliado na manutenção de peso e também no controle dos níveis de colesterol. Além disso, ele também auxilia na função intestinal, já que contém muitas fibras.

Além desses alimentos, algumas dicas são importantes para curtir as festas juninas com consciência:

  • Modere o uso do sal;
  • Reduza o açúcar e tente substituir o refinado pelo mascavo, demerara ou pelo açúcar de coco, por exemplo;
  • Priorize o uso de temperos naturais nas preparações;
  • Mastigue os alimentos devagar os saboreando, e assim poderá se sentir mais saciado ingerindo menos comida;
  • Beba bastante água!
  • Aproveite a festa para colocar o seu corpo em movimento: dance, pule, brinque!

Referências:

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS – UNICAMP . Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. 2011. Disponível em: <http://www.nepa.unicamp.br/taco/contar/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf?arquivo=taco_4_versao_ampliada_e_revisada.pdf&gt;. Acesso em 30 de maio de 2022.

https://www.unimed.coop.br/viver-bem/alimentacao/beneficios-do-amendoim

FUNDACIÓN ESPAÑOLA DE NUTRICIÓN. El coco . Disponível em: <http://www.fen.org.es/mercadoFen/pdfs/coco.pdf&gt;. Acesso em 30 de maio de 2022

Receita: Cuscuz de legumes com Castanha-do-Pará

Ingredientes:

– 1 colher de sopa de azeite de oliva extravirgem

– ½ cebola média picada

– 1 tomate sem sementes cortado em cubos

– ½ pimentão verde sem semente cortado em cubos pequenos

– ½ cenoura pequena ralada

– ½ xícara de chá de ervilha cozida

– ½ xicara de chá de azeitonas em rodelas

– ¼ de xícara de chá de água

– 1 xícara de chá de flocão de milho

– ¼ de xícara de chá Castanha do Pará quebrada grosseiramente – Mundo Verde Seleção

Óleo de coco Spray para untar – Mundo Verde Seleção

Modo de preparo:

Em uma panela, refogue a cebola no azeite até que esteja dourada. Adicione os tomates picados, o pimentão e a cenoura, refogando bem. Em seguida, adicione a ervilha e a azeitona, mexa tudo e acrescente a água. Tampe e deixe cozinhar por 5 minutos. Logo em seguida, vá adicionando a farinha de milho aos poucos. Antes de finalizar a farinha, acrescente as castanhas trituras e misture. Finalize a farinha, mexendo até que o cuscuz esteja grosso. Desligue o fogo e reserve. Unte pequenos potes com óleo de coco em spray e vá adicionando um pouco de ervilha, cenoura ralada e pimentão picado a base do pote. Acrescente o cuscuz aos poucos e vá amassando com a ajuda de uma espátula. Com a ajuda de um prato, desenforme o cuscuz e consuma em seguida.

Deixe uma resposta