No segundo domingo do mês de agosto é comemorado o Dia dos Pais, uma bela data para celebrar, homenagear e agradecer por ter esse grande parceiro do lado, mas que também pode-se aproveitar para dar dicas e até mesmo “empurrões” para que cuidem ainda mais da saúde e assim, possam comemorar essa data por muito mais tempo.

A cultura brasileira ainda coloca os homens em uma posição de despreocupação com sua saúde e integridade física. O número de feridos em acidentes de trânsito, diagnósticos tardios de doenças, maus hábitos alimentares e a baixa procura por cuidados médicos comprovam que as mulheres ainda são maioria na hora de cuidar da saúde. 

Pesquisas feitas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mostram que os homens cuidam de sua saúde menos que as mulheres, as estatística apontam que de 100% das consultas médicas anuais, apenas cerca de 35% são de pacientes homens.

Confira algumas dicas para cuidar da saúde do homem!

1- Manter uma alimentação saudável e equilibrada

Nos últimos anos, dados mostram que os homens brasileiros têm se alimentado melhor do que antes, porém, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a frequência de consumo de verduras, legumes e frutas ainda é maior entre as mulheres do que entre os homens.

Comer de forma saudável ajuda a prevenir várias doenças, como diabetes, doenças cardiovasculares e câncer. 

Quanto antes começar uma alimentação saudável, maior a chance de prevenir doenças e ter mais qualidade de vida. 

Vale lembrar que os pais são exemplos em todos os momentos da vida dos filhos e isso, reflete-se também na alimentação. Nos casos onde as crianças não veem os pais se alimentando de forma saudável, é mais difícil para elas adotarem bons hábitos alimentares.

Dica da Nutri: Além de manter uma alimentação saudável e variada, os alimentos com coloração avermelhada, como tomates, pimentões, goiaba vermelha, melancia e outros merecem destaque nos pratos dos papais, isso porque são ricos numa substância chamada licopeno, um composto que exerce protetor contra o câncer de próstata

Mantenha esses alimentos sempre presentes nos pratos, tanto crus quanto cozidos e nesse caso, o aquecimento concentra ainda mais o licopeno. A combinação com azeite de oliva, óleo de abacate, chia e linhaça  favorece ainda mais sua absorção no organismo.

2- Não fumar

Não existe quantidade mínima ou indicada para fumar e já foi comprovado que o tabagismo aumenta o risco de vários problemas de saúde, por isso, o ideal é não fumar. Para quem está tentando largar esse vício, é importante reconhecer os gatilhos e mudar hábitos para diminuir a vontade de fumar. 

Praticar exercício físico também ajuda no processo de parar de fumar. Outra dica que pode ajudar é, toda vez que tiver vontade de fumar, beber um copo de água gelada.

É necessário ter disciplina e força de vontade para largar o vício, mas, se necessário, busque ajuda de um profissional para ter orientações médicas de acordo com seu caso. Vale destacar que os efeitos positivos para a saúde são imediatos após parar de fumar e nunca é tarde para deixar o cigarro de lado.

3- Praticar atividade física regularmente

Segundo a OMS, a prática regular de atividade física está relacionada à manutenção de um peso saudável, assim como reduz o risco de aparecimento de várias doenças, como as do coração, diabetes, câncer e ainda auxilia no combate da depressão e da ansiedade.

Os adultos devem praticar pelo menos 2,5 horas de atividade física de intensidade moderada por semana.

A escolha de qual atividade física praticar é uma questão bem pessoal e é importante escolher um exercício que traga motivação e bem estar ao ser realizado.

Se faz tempo que não realiza atividades físicas, não se preocupe, nunca é tarde para começar, mas é importante fazer uma avaliação médica para ver se não tem nenhuma restrição. 

4- Garanta um consumo adequado de água

Beber água auxilia no funcionamento de todo o organismo, uma vez que seu consumo está relacionado a regular o intestino, melhorar a absorção dos nutrientes, desintoxicar o organismo, regular a pressão arterial e ajudar o coração, entre outros benefícios. 

A recomendação média de consumo de água é de pelo menos 2 litros por dia e para que essa quantidade seja alcançada procure manter uma garrafa sempre por perto, coloque alarmes que te lembrem de beber água. 

Se a água pura ainda for “difícil” de tomar, tente a água saborizada com pedaços e cascas de frutas, folhas de hortelã, pau de canela e outros.

 Não espere sentir sede para tomar água, pois esse já é o primeiro sinal de desidratação.

5- Diminuir o consumo de álcool

O álcool é considerado uma substância tóxica e psicoativa com propriedades que podem levar à dependência, segundo a Organização Mundial da Saúde e seu consumo é muito maior entre os homens do que nas mulheres. 

Segundo o IBGE, os homens consomem o triplo de cerveja que as mulheres e assim, uma grande quantidade de álcool. 

O consumo prejudicial de álcool é responsável por 7,1% das doenças entre os homens no mundo, por isso, é importante tentar beber menos álcool ou com menos frequência.

Algumas dicas para reduzir a quantidade de álcool são escolher, por exemplo, um copo menor, conhecer o teor alcoólico da bebida e principalmente impor limites na hora do consumo.

6- Visitar o médico

A visita ao médico pelo menos 1 vez ao ano é fundamental para prevenir e/ou tratar alguns problemas de saúde de forma precoce. Esse é um cuidado tanto com você quanto com a família e todos que o cercam.

Referências:

vivamais.cemigsaude.org.br/saude-do-homem/

https://saude.abril.com.br/familia/dia-dos-pais-destaques-sobre-a-saude-masculina/

Deixe uma resposta