A estimativa é de que em 2045 tenhamos cerca de 93 milhões de brasileiros com 50 anos ou mais, ou seja, é de grande importância o cuidado com a nutrição e saúde para garantir longevidade de forma segura e com qualidade de vida. Ter longevidade está diretamente relacionado a estar e permanecer fisicamente saudável, corpo, mente e espírito.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2018 o número de idosos no país era de 28 milhões de idosos e, prospectam ainda que em 2060 haverá mais idosos do que jovens no Brasil.

Pensando nisso, há estratégias alimentares essenciais que contemplam a chamada longevidade saudável. Confira!

1. Alimentação natural 

Podemos dizer que somos e seremos a partir de tudo que ingerimos. O que significa que uma alimentação baseada em farinhas, açúcares, frituras e aditivos químicos presentes em alimentos industrializados, pode envelhecer rapidamente as nossas células, impactando não apenas esteticamente, mas aumentando o risco de doenças, tais como:

  • Diabetes
  • Hipertensão
  • Doenças cardíacas 
  • Doenças neurológicas

Sendo assim, o importante reduzir a ingestão de alimentos calóricos, muito processados e artificiais, além de priorizar frutas, verduras, legumes, cereais integrais e dar preferência aos alimentos orgânicos, que ajudam a reduzir a inflamação do corpo, trazem saúde, bem-estar e longevidade,. 

2. Redução do estresse

Quanto mais estressados, maior o risco de envelhecimento celular. O estresse, quando crônico, eleva os níveis do hormônio cortisol que, por sua vez, pode aumentar o hormônio da fome, aumentando o apetite, compulsão alimentar, causar mais inflamação no organismo e estimular o envelhecimento atrelado a doenças. 

Por este motivo, é de grande importância a busca por atividades que tragam relaxamento para o corpo e para mente e que possam reduzir o estresse físico e mental.

3. Hidratação 

O consumo adequado de água é essencial em todas as fases da vida, mas tem grande importância durante a terceira idade, uma vez que, o corpo exige maior hidratação para suas funções essenciais

Manter-se hidratado com água, chás, frutas e outros alimentos, auxilia na absorção de nutrientes, redução do cansaço físico e mental, além do sono. 

4. Suplementação 

Torna-se necessária a busca por um profissional da saúde para análise de exames e entendimento da necessidade de suplementos alimentares que possam agregar à saúde, nesta fase da vida. 

Isso porque, com as alterações hormonais naturais da idade, é comum a redução da absorção de cálcio nos ossos e a incidência de osteopenia ou osteoporose, que são desgastes ósseos. Então, muitas vezes a suplementação com cálcio e vitamina D são essenciais para o envelhecimento saudável.

Também podemos citar a possível necessidade de vitaminas e minerais que serão supridos por multivitamínicos. 

Ainda podem existir deficiências de magnésio e proteínas que podem ser corrigidas com uma variedade de alimentos nas refeições (carnes, peixes, ovos, folhosos verdes escuros, castanhas, cereais integrais) e somadas com o consumo destes nutrientes em forma de suplementos em pó e/ou cápsulas. 

Mas, novamente, o profissional da saúde que realiza o acompanhamento do paciente é o melhor profissional para determinar a necessidade ou não da suplementação e qual tipo de nutriente deve ser introduzido na rotina do idoso.

São muitos pontos para considerarmos, mas podemos entender a importância de priorizar alimentos naturais, frutas, verduras e legumes, de forma variada para que possam nos oferecer o máximo de seus nutrientes e estimular um envelhecimento saudável e mais feliz. 

Referência:

https://www.vponline.com.br/portal/noticia/pdf/49ba1668f5bd56490cde598a6574266c.pdf

Marcela Mendes

Marcela Mendes é nutricionista registrada (CRN-3 41044) Graduada pelo Centro Universitário São Camilo e Pós-graduada pela VP Consultoria em Nutrição Clínica Funcional. Atualmente atua na área de marketing nutricional na rede Mundo Verde, onde realiza treinamentos de capacitação para equipe de campo nos diferentes estados do Brasil, além do suporte nutricional atrelado a equipe de marketing da empresa.

One Reply to “Alimentação e longevidade saudável”

Deixe uma resposta