A meditação nada mais é que conjuntos de exercícios respiratórios e mentais que têm como objetivo o relaxamento, a busca pela concentração e pelo equilíbrio mental. Os benefícios não são apenas psicológicos, já que as posições utilizadas ajudam na circulação, no relaxamento de músculos e na correção da postura. Se você tem a ideia errada de que a meditação toma muito tempo e na correria da rotina não sobra espaço para esse seu momento, saiba que, na verdade, por ser individual, não existe tempo predeterminado para a meditação e, se você tem curiosidade de como começar essa prática, separamos uma técnica que ocupa apenas dez minutos do seu dia.
O ideal é que você comece com cinco minutos de meditação pela manhã, cinco minutos antes de dormir e aumente o tempo dedicado gradativamente. Confira os passos e aprenda a fazer esses dez minutos do dia valerem a pena:
1 – Escolha um lugar reservado, calmo, onde não será interrompido.
2 – Sentar-se com a coluna ereta é muito importante, pois, além de te impedir de dormir, a posição ajuda a circulação de energia e concentra toda sua atenção no presente.
3 – Com os olhos fechados, respire bem fundo três vezes. Relaxe o corpo e acomode-o confortavelmente – sem esquecer-se da coluna ereta. Concentre-se em sua respiração, na inspiração e expiração, reflita sobre as sensações e mantenha sua mente completamente focada nelas.
4 – No início, você vai ter muita dificuldade em manter sua mente limpa e completamente focada apenas no exercício e isso é totalmente normal. Só não desista, você controla o que há dentro de você! Domine sua mente.
5 – Termine a meditação com uma frase positiva, para começar bem o dia. Para a noite, agradeça pelo seu dia e tudo o que foi aprendido nele e se entregue ao sono em paz.
Esse é um exercício simples de meditação, seu interesse pode levá-lo a descobrir outros que sejam mais a sua cara. Em todos, no entanto, o importante é sentir-se bem consigo mesmo e dedicar-se completamente ao momento.
Fonte: Personare

Deixe uma resposta