A pele é um órgão de extrema importância em nosso organismo, tendo como funções principais: defesa orgânica, controle do fluxo sanguíneo, proteção contra calor, frio, pressão, dor e tato. Diversos estudos científicos buscam a fórmula perfeita para evitar seu envelhecimento e manter a juventude. 

Um aliado para sustentação, preenchimento e hidratação é o ácido hialurônico.  Saiba mais sobre essa substância que é a queridinha do momento!

O que é ácido hialurônico?

O ácido hialurônico (AH) é um biopolímero formado pelo ácido glucurônico e a N-acetilglicosamina.

Possui uma textura viscosa, está presente na matriz extracelular da pele, representando 50% do AH total, líquido sinovial, humor vítreo (substância presente nos olhos), cordão umbilical e no tecido conjuntivo colágeno de numerosos organismos, sendo uma importante glicosaminoglicana na constituição da articulação. 

Como é obtido o AH?

Pode ser produzido comercialmente pela fermentação de substratos vegetais, através da fermentação por bactérias do gênero Streptococcus ou estruturas de origem animal, como a crista de frango, rica em ácido hialurônico. 

Para que serve?

Dentre suas principais funções, vale destacar a relação direta com a hidratação, lubrificação e estabilização dos meios citados acima. 

Utilizado no tratamento contra o envelhecimento facial, em preenchimento de partes moles para correção de depressões, rugas e sulcos.

Também tem função na regulação de processos biológicos, como no diagnóstico de câncer, cicatrização de feridas, regeneração de tecidos, ação anti-inflamatória e imunomodulação. 

Como sua concentração na pele diminui com a idade, reduzindo a hidratação local e tornando a derme menos volumosa com tendência a rugas, ressecamento e rachaduras. Uma pessoa com cerca de 75 anos tem apenas um quarto da quantidade de ácido hialurônico em sua pele, quando comparado com uma pessoa de 19 anos. Outro fator que reduz a concentração de AH é a exposição excessiva e repetida à radiação UV, gera o chamado envelhecimento prematuro da pele.  

E por que esse suplemento é o queridinho do momento?

O ácido hialurônico é a molécula mais importante envolvida na umidade da pele. Glicosaminoglicanos (GAG) não sulfurados, possuem capacidade específica para retenção de água, mostrando neste contexto, o papel fundamental do AH na manutenção da hidratação da pele, tecidos e órgãos. 

O que significa que pode beneficiar para uma pele mais jovem, por reter mais água, apresentando maior flexibilidade e resiliência. 

Dessa forma, o uso e procura pelo produto cresce a cada dia. Atualmente é comum encontrarmos o ácido hialurônico em diversas apresentações comerciais, como:

  • Géis, loções e  creme com ácido hialurônico para uso tópico
  • Ácido hialurônico em cápsulas
  • Injeções intradérmicas de preenchimento, preenchimentos dérmicos, preenchimentos faciais

No caso dos preenchimentos, eles devem ser realizados por profissionais habilitados. Utilizado em forma de gel, indicado para preencher rugas, sulcos e linhas de expressão do rosto, normalmente ao redor dos olhos, cantos da boca e testa e ameniza marcas de acne conhecida como cicatrizes atróficas.

Vale reforçar que o equilíbrio de AH no organismo depende de fatores intrínsecos e extrínsecos, como manter uma alimentação balanceada e o consumo de água adequado, podem contribuir para melhorar os resultados da suplementação. 

Qual é a quantidade de AH recomendado por dia? 

Em diversos estudos, nota-se que a presença do colágeno, melhora o efeito e absorção do ácido hialurônico em menores doses. Sua suplementação via oral e de forma isolada, em diversos estudos mostram eficácia a partir de 50mg a 250mg ao dia

Referências:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0103-84782008000900029&lng=en&nrm=iso&tlng=en

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5522662/

http://www.unilago.edu.br/revista/edicaoatual/Sumario/2016/downloads/33.pdf

Priscila Gomes

Priscila Gomes é nutricionista registrada (CRN-3 29036) Graduada pelo Universidade Paulista. Atua na área de marketing nutricional e funcional na rede Mundo Verde, onde realiza treinamentos de capacitação para equipe de campo nos diferentes estados do Brasil, além do suporte nutricional atrelado a equipe de marketing da empresa.

Deixe uma resposta