Alimentos funcionais são alimentos ou ingredientes benéficos à saúde. Além do seu valor nutritivo relacionado à sua composição química, o consumo regular deles pode reduzir o risco de diversas doenças, como câncer, diabetes e as degenerativas, melhorando, assim, a qualidade de vida. Conheça alguns deles abaixo!
Soja e seus derivados
São fontes de isoflavonas, substâncias que possuem leve ação estrogênica (semelhante ao hormônio feminino). Elas reduzem sintomas de menopausa, risco de câncer de mama e próstata. Também auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares e osteoporose.
Tomate e seus derivados, pimentão vermelho, goiaba vermelha e melancia
São alimentos fontes de licopeno, um antioxidante relacionado à prevenção de alguns tipos de câncer, principalmente, de próstata. Também auxilia na redução do colesterol.
Peixes
Alguns peixes como a sardinha, o salmão, a anchova, o arenque e o atum, são fontes de ômega 3. Possuem ação anti-inflamatória, reduzem níveis de triglicerídeos e colesterol e é indispensável para o desenvolvimento do cérebro e da retina de recém-nascidos.
Couve flor, repolho, brócolis, couve-de-bruxelas, rabanete e mostarda 
Fontes de substâncias chamadas indóis e isotiocianatos, que são capazes de eliminar substâncias químicas responsáveis por mutações cancerígenas e protegem, principalmente, contra câncer de mama.
Chá verde e chá branco
Oriundos da planta Camelia sinensis, possuem substâncias chamadas catequinas, que reduzem a incidência de certos tipos de câncer, reduzem o colesterol e estimulam o sistema imunológico.
Uvas vermelhas, suco de uva integral e vinho tinto
A alta concentração de compostos fenólicos destes alimentos (catequina, epicatequina e resveratrol) previne doenças cardíacas, possui ação antioxidante, inibe a oxidação de gorduras e a agregação plaquetária.
Alho
Fonte de sulfetos alílicos com potente ação antioxidante, o alho previne câncer, principalmente o de estômago. Além disso, está relacionado à redução do colesterol e da pressão arterial. Também auxilia no fortalecimento do sistema imunológico, combatendo infecções.
Frutas cítricas
Fontes de vitamina C e limonoides, com ação antioxidante que também previne o câncer. Os flavonoides presentes nestas frutas também possuem ação vasodilatadora, anti-inflamatória e antioxidante. Laranja, limão, tangerina e lima fazem parte deste grupo.
Cereais integrais
Alimentos como arroz, aveia, quinoa e trigo, principalmente na forma inteira do grão, são fontes de vitaminas, minerais e fibras, o que reduz o risco de câncer de cólon e melhora o funcionamento intestinal. Os cereais solúveis podem ajudar no controle da glicemia e no tratamento da obesidade, pois dão maior saciedade.
Probióticos 
São microrganismos vivos que, quando ingeridos em determinado número, apresentam ação benéfica à saúde, equilibram a microbiota intestinal, favorecendo o bom funcionamento do intestino. Destacam-se: Lactobacilos acidófilos, casei, bulgaricus, lactis e Bifidobacterium bifidum.
Prebióticos
Estes alimentam os probióticos, fortalecendo a microbiota intestinal – frutooligossacarídeos inulina são exemplos extraídos de vegetais como raiz de chicória e batata yacon. O amido resistente presente na banana verde também funciona como um prebiótico.
Chocolate amargo (70% cacau)
O cacau é fonte de epicatequinas catequinas de efeito antioxidante, que reduzem a agregação plaquetária e auxiliam no controle do colesterol.
Cúrcuma/Açafrão
É fonte de curcumina, um potente antioxidante que atua na prevenção de doenças cardiovasculares e, principalmente, do câncer, pois induz a morte das células malignas.
 
Fonte: Priscila Teles – Nutricionista da Rede Mundo Verde

Deixe uma resposta