Por que eu não emagreço? Se você não se fez essa pergunta, possivelmente já ouviu alguém fazer. E sabe o que acontece? Falta de individualidade e estratégia. 

Muitos acreditam em uma dieta universal, única para todos ou ainda apostam em dietas milagrosas, sem perceber que o que realmente conta, é a individualidade de cada indivíduo, com suas preferências, estilo de vida, intolerâncias e necessidades específicas. 

Então, antes de qualquer leitura, reflita sobre uma coisa: não existe uma dieta estática e universal. Existem estratégias diferentes, para objetivos diferentes, segundo a necessidade e individualidade de cada ser humano. E é assim, que o emagrecimento eficiente acontece.

Agora que você já compreendeu este ponto, listamos algumas estratégias e dicas que podem contribuir com um estilo de vida mais saudável e com o emagrecimento. Confira!

Emagrecimento Eficiente: estratégias

Beba água 

Parece clichê, mas se todo mundo sabe que a água é essencial à vida e ao corpo, por que muitas bebem apenas 500 ml ao dia? Pois é! 

O consumo de água também está relacionado ao emagrecimento, primeiro porque é responsável pelo transporte de nutrientes às células do corpo e segundo, porque está relacionada a todos os metabolismos e processo do nosso organismo. 

A desidratação leva a fadiga, cansaço e dificuldade de concentração, oscilações de humor e até aumento de apetite. 

O consumo ideal de água/dia, pode ser calculado pela conta: 

  • 35 x peso (kg)

Ex: 35 x 60 kg = 2L e 100ml.

Consuma mais fibras

Essas são grandes aliadas da saúde intestinal e imunológica, além de atuar diretamente na saciedade e controle da fome. Também podem atuar no controle do colesterol e dos níveis de açúcar no sangue, contribuindo com o emagrecimento.

Estão presentes em cereais integrais, frutas, verduras e legumes e por isso, a importância de uma alimentação variada e completa.

Não valorize produtos zero açúcar

Quem nunca pensou em substituir o açúcar por adoçante? Pois é, mas não é bem assim que funciona. Adoçante e produtos zero açúcar são direcionadas para um público específico, exemplo os diabéticos. 

Adoçantes estimulam receptores nas células onde entram carboidratos, ou seja, isso te gera mais vontade por carboidratos e doces

Então, por mais que eles não tenham calorias, eles podem aumentar vontade por doces na próxima refeição e levar ao ciclo vicioso do açúcar. Talvez este não seja o caminho ideal quando o assunto é perda de peso.

Não faça a mesma dieta sempre 

De tempos em tempos, mude suas estratégias, mude e varie seu cardápio. Programe a sua semana, suas refeições. 

É interessante ir variando entre estratégias de emagrecimento, como: 

  • 15 dias de low carb
  • Jejum intermitente na semana seguinte
  • Cetogênica um mês depois 

Essa mudança, faz com que o metabolismo esteja sempre ativo e que seu corpo receba nutrientes diferentes.

Reduza a carga e o índice glicêmico dos alimentos consumidos 

Mais importante do que contar calorias, principalmente de alimentos industrializados, é entender a carga (relacionada a quantidade consumida) e o índice glicêmico (tempo de absorção do açúcar) dos alimentos e assim, controlar a chegada de açúcar no sangue e a liberação do hormônio insulina, controlando e reduzindo o depósito de gordura nas células, ou seja, contribuindo com o emagrecimento.

Aposte na fitoterapia 

O consumo de chás é milenar, o que já nos mostra seu benéficos à saúde, em diferentes situações. Confira alguns destes benefícios:

  • Redução da ansiedade 
  • Controle da fome
  • Redução da distensão abdominal 
  • Redução de gases estomacais e intestinais
  • Diminuição do inchaço 
  • Melhora da circulação
  • Auxiliam no efeito energético 
  • Estimulam o metabolismo
  • Contribuem com o sono e relaxamento. 

Então, aposte em 2 a 3 xícaras de chás ao longo do dia e se atente ao tipo de chá para cada objetivo e horário consumido.

Pratique atividade física

O importante aqui é se movimentar e por isso, o ideal é buscar qual tipo de exercício mais se enquadra à sua rotina e interesse. 

A prática de atividade física estimula o metabolismo, melhora respiração, concentração e até o intestino, contribuindo diretamente com emagrecimento.

De toda forma, não deixe de procurar um profissional nutricionista para te orientar de maneira individualizada, segundo suas necessidades para um emagrecimento eficiente.

Referências:

blog.dietbox.me/o-que-a-nutricao-funcional-pode-fazer-por-seu-emagrecimento/

patriciadavidson.com.br/quero-emagrecer-por-onde-eu-comeco/

.

Marcela Mendes

Marcela Mendes é nutricionista registrada (CRN-3 41044) Graduada pelo Centro Universitário São Camilo e Pós-graduada pela VP Consultoria em Nutrição Clínica Funcional. Atualmente atua na área de marketing nutricional na rede Mundo Verde, onde realiza treinamentos de capacitação para equipe de campo nos diferentes estados do Brasil, além do suporte nutricional atrelado a equipe de marketing da empresa.

Deixe uma resposta