A noite chegou e o sono não? Você foi dormir mais tarde do que imaginava e o jantar acabou sendo servido cedo demais? O seu estômago realmente não entendeu que é hora de encerrar as atividades? Não importa o motivo. O que ninguém merece é tentar dormir e ter o seu sono prejudicado por causa da barriga roncando.
E pode comer a noite? A resposta é sim. O que irá favorecer o emagrecimento é a escolha correta dos alimentos e não a hora em que os alimentos são consumidos. É claro, que é sempre bom evitar uma refeição pesada pelo menos 2h antes de dormir e o consumo de substâncias estimulantes, como o café, para não atrapalhar a qualidade do seu sono.
Lembre-se também de mastigar bem os alimentos, pois a sensação de saciedade está ligada também à mastigação. Outra dica para ajudar na perda de peso é não passar muitas horas sem se alimentar. Isso inclui não fazer grandes restrições à noite, pois nosso corpo é inteligente e, se percebe que vai faltar comida, tende a economizar energia, ou seja, seu metabolismo diminui.
E aí vem o dilema: qual a melhor opção para um lanche noturno? Preste atenção: é apenas um lanche e não uma refeição com as mesmas calorias do jantar. Dê preferência a alimentos com carboidratos complexos e fibras, gorduras de boa qualidade e proteínas.
Veja abaixo algumas sugestões:
Iogurte natural semidesnatado ou desnatado com GojiBerry: fonte de proteínas, o iogurte ainda colabora com boa quantidade do aminoácido chamado triptofano, que auxilia no bem-estar. Já a GojiBerry, além de saborosa, apresenta uma boa fonte de carboidratos, alta concentração das vitaminas B e C e carotenoides. A vitamina C e os carotenoides deixam nosso corpo protegido contra os radicais livres e o complexo B é essencial para o bom funcionamento do metabolismo energético.
Torrada integral com queijo cottage: fonte de fibras, a torrada integral é uma ótima opção de carboidrato. Já o queijo cottage é um queijo magrinho, pobre em gorduras e rico em proteínas. É bem-vindo tanto em frutas quanto em comidas salgadas ou lanches. Utilize esse queijo para colocar em prática sua criatividade.
Iogurte grego: fonte de proteínas e triptofano, garante a saciedade e o bem-estar.
Pipoca: fonte de fibras e de amido resistente, garante a saciedade e protege contra o câncer de cólon. Lembre-se que você pode fazer a pipoca, no fogão ou no micro-ondas, sem o uso de óleo.
Castanhas com frutas secas: as nozes e as castanhas possuem gordura monoinsaturada, selênio e proteínas. Elas equilibram os tipos de gorduras que dão saúde ao coração e melhoram os níveis sanguíneos de colesterol. Já as frutas secas são ricas em carboidratos e fibras. Não exagere na quantidade: para um lanchinho noturno a quantidade é um punhado na palma da mão.
Sementes: seja no iogurte ou por cima de alguma fruta, adicione sementes como as de abóbora, linhaça, girassol e chia. Além de uma excelente fonte de fibras, elas contêm ômega 3, 6 e 9, aqueles que auxiliam na saúde cardiovascular, e vitamina E, importante antioxidante. A semente de abóbora ainda é considerada um vermífugo natural.
Chocolate amargo 70% cacau: você pensou que seria proibido? Consumir uma pequena quantidade de chocolate 70% cacau faz bem à saúde. O cacau é rico em antioxidantes e ainda estimula a produção de serotonina, aquele hormônio do bem- estar. Consuma aproximadamente 30g.
Banana com aveia: essa é uma combinação excelente. Possui boas fontes de carboidratos, fibras, vitaminas do complexo B, potássio e do aminoácido triptofano. A aveia possui uma fibra chamada betaglucana, bastante interessante para a redução do colesterol. Para mais benefícios, utilize o farelo de aveia.
 
Fonte: Jaqueline Fagundes.

Deixe uma resposta