Conheça as vantagens e desvantagens deste método que promete secar os quilinhos indesejados

 

Ficar horas sem comer com o intuito de ter mais saúde e até emagrecer: este é um dos princípios do jejum intermitente. O método ganhou fama nos últimos tempos, mas vamos combinar que a prática do jejum é milenar, praticada por pessoas no mundo inteiro.

 

Segundo Marcela Mendes, nutricionista do Mundo Verde, o jejum pode ser feito em dias variados e com horários diferentes. É possível, por exemplo, ficar sem comer durante 8, 12, 16 e 24 horas, como também pode ser realizado 1 ou até 3 vezes por semana.

Benefícios do jejum intermitente

Mas será que passar tantas horas sem comer pode emagrecer mesmo, e, de quebra, trazer benefícios para a saúde? De acordo com a nutricionista, o jejum intermitente traz sim diversos benefícios, comprovados em estudos científicos.

 

Alguns deles mostram que o jejum intermitente tem relação com o aumento de antioxidantes no organismo, bem como a oxidação de gorduras, induzindo ao emagrecimento e diminuição dos processos inflamatórios, além de redução e controle dos níveis de colesterol bom (HDL) e glicose na corrente sanguínea.

 

No entanto, segundo Tatiana Denck Gonçalves, endocrinologista da Endoclinica São Paulo, a prática pode desequilibrar a saúde física, social e mental, por isso é motivo de polêmica entre os profissionais da área. Sendo assim, o acompanhamento de um profissional é importante, já que a privação de comida por muitas horas e a redução de carboidratos pode gerar fome exagerada, mau humor e irritabilidade, associada à compulsão alimentar a curto, médio ou longo prazo.

 

Tatiana destaca que ainda não há benefícios comprovados em humanos. “Os estudos feitos com roedores relacionam o jejum a benefícios como a redução do risco de doenças cardiovasculares, assim como a melhora do diabetes, da longevidade, dos níveis de colesterol, de inflamações crônicas e doenças autoimunes”, aponta.

Mas afinal, emagrece?

 

Quem adere ao jejum intermitente precisa saber que não basta ficar sem comer durante algumas horas e depois comer tudo o que ver pela frente. A nutricionista explica que, aliado à prática, é interessante realizar uma alimentação pobre em alimentos industrializados e priorizar o consumo de alimentos in natura, como verduras e legumes, bem como diminuir o consumo de carboidratos de alto índice glicêmico. “É muito comum a realização de uma alimentação low carb somada ao JI”, diz Marcela.

 

Além disso, acrescenta a endocrinologista Tatiana, o jejum intermitente pode sim fazer emagrecer no curto prazo, mas com um risco de reganho de peso similar a qualquer dieta restritiva. “O indicado para emagrecer é reduzir o número de calorias ao dia e aumentar o gasto energético com atividade física regular. Emagrecer com saúde é escolher os alimentos mais saudáveis  e menos calóricos com restrição consciente e moderada a fim de que seja possível manter esse padrão para a vida toda e, assim, evitar a recuperação do peso perdido”, completa.

 

Como começar

 

Antes de começar a praticar o jejum intermitente, é recomendável a consulta com um profissional capacitado para devidas orientações, considerando a individualidade de cada um e o melhor tipo de JI a ser aplicado. “Não é recomendada a prática para crianças e gestantes, pessoas que fazem uso de medicamentos, e/ou possuem doenças especificas”, alerta a nutricionista.

 

Se alguém quiser fazer o jejum de 16 horas (8 horas dormindo e mais 8 em jejum), por exemplo, deve-se realizar todas as refeições dentro do período de 8 horas por dia. Na prática, seria assim: você janta às 20 horas e na manhã seguinte pula o café da manhã e almoça às 12 horas. Desta forma, você passou 16 horas em jejum. A partir das 12 horas, iniciam-se todas as refeições, terminando às 20 horas novamente.

Segundo a médica endocrinologista, os períodos em que a alimentação é permitida são chamados de janelas de alimentação. Fora deles, a pessoa deve ingerir líquidos que não possuam calorias, como água (com ou sem gás), chás e café sem açúcar.

“Pela Jornalista Fernanda Lima”