Difícil resistir às tentações de uma das épocas mais saborosas e atraentes do ano, não é?
A quantidade de opções é enorme e o cardápio inclui iguarias como paçoca, milho verde, quentão, pé-de-moleque e muitas outras opções calóricas, ricas em açucares e gorduras. Sim, isso é uma verdade!
Difícil resistir a tanta oferta boa, mas fique sabendo que o importante é não exagerar na quantidade. Se analisarmos algumas opções como o milho e a abóbora, por exemplo, são opções mais saudáveis que não vão influenciar negativamente na dieta. No entanto, eles sempre acompanham muita manteiga, sal, açúcar, creme de leite etc. E é aí que mora o perigo!
Criamos algumas dicas super bem-vindas quando o assunto é não resistir às tentações das festas juninas, mas também não acabar com a dieta.
Confira:
1 – Não deixe de realizar suas refeições normalmente antes de ir para a festa;
2 – Não coma tudo que aparecer à sua frente, se controle. Faça escolhas conscientes;
3 – Bateu fome antes da festa? Coma. Antes de sair consuma um iogurte, uma fruta com um cereal integral ou um shake proteico com bebida vegetal, por exemplo;
4 – Entre um consumo e outro, faça alguma atividade e não fique parado. Ande, dance, se movimente;
5 – Não há necessidade de conhecer todas as festas juninas da cidade, certo? Escolha aquela ou aquelas que mais te interessam.
Algum alimento está liberado, sem culpa?
A pipoca, o amendoim natural e o pinhão são boas opções que podem ser consumidas e que não causarão arrependimento no dia seguinte e ainda são ricos em inúmeros nutrientes, como vitaminas, minerais e fibras.
Sendo assim, não precisa se privar totalmente e deixar de se divertir. Essas dicas vão te ajudar a curtir as festas e mesmo assim, acordar e não se sentir culpado por ter burlado a dieta.
Seja consciente!
 
Fonte: Marcela Mendes

Deixe uma resposta