Você já deve ter ouvido falar sobre eles ou mesmo já experimentado, mas aposto que nunca soube dos inúmeros benefícios que eles trazem à nossa saúde.
Oriundo da planta Camellia Sinensis, o chá verde quando feito sob infusão, traz benefícios diversos, que vão desde o emagrecimento até a prevenção do câncer. É fonte rica de antioxidantes, auxilia na desintoxicação do organismo, no emagrecimento, na redução do colesterol e ainda tem ação imunoestimulante.
Seus antioxidantes auxiliam na prevenção do envelhecimento precoce das células e na redução da pressão arterial, do LDL (colesterol ruim) e é capaz de reforçar o sistema imunológico. Estudos indicam que as Catequinas do chá atuam inibindo a
iniciação e o desenvolvimento de diferentes tipos de tumor (pulmão, esôfago, duodeno, pâncreas, fígado, mama e cólon).
O alto teor de cafeína em sua composição auxilia no emagrecimento, à medida que acelera o metabolismo e a queima de gordura. Os compostos fenólicos do chá verde auxiliam na memória, na desintoxicação e no processo digestivo.
O ideal é consumir uma xícara três vezes ao dia, sem adoçar. Se achar o sabor extremamente amargo, tente com um pouco de canela, mas fuja do açúcar, ele pode eliminar as propriedades do chá e ainda desequilibrar a dieta. E não esqueça, a melhor opção é a erva, pois preserva todos os nutrientes naturais da planta.
Importante: algumas pessoas devem evitar o consumo de chá verde, como as gestantes, os hipertensos e as pessoas com hipertireoidismo. Mesmo não se enquadrando nessas opções, não deixe de procurar um médico ou nutricionista para avaliar o seu caso.
O chá de hibisco é outro chá coadjuvante no emagrecimento. Além de auxiliar na perda de peso, é rico em nutrientes e naturalmente adocicado. Dentre seus nutrientes, destacam-se o cálcio, o magnésio, o fósforo e o potássio, minerais importantíssimos para fortalecimento de ossos e dentes. Em 6g de chá, quantidade necessária para preparo em 200 ml de água, encontramos todos esses minerais, que também são essenciais para contração muscular e produção de energia.
O chá também é fonte de antioxidantes, como flavonoides, ácidos orgânicos e vitamina A. Eles neutralizam a ação dos radicais livres em nosso organismo, evitam o envelhecimento precoce das células e também previnem o surgimento de diversas doenças, como pressão alta, diabetes, problemas no fígado e nos rins e até mesmo o câncer.
Importante: o excesso de chá de hibisco, assim como qualquer outro chá em excesso, pode levar a intoxicação, uma vez que o fígado não conseguirá eliminar toda a bebida. Por conta de seu poder diurético, quando em excesso, pode levar a eliminação de muitos eletrólitos, como o sódio e o potássio presentes no sangue.
A recomendação diária de consumo de chá de hibisco, igualmente a de chá verde, são de 3 xícaras por dia, também sem adoçar, sem requentar e deve ser consumido no mesmo dia do preparo.
Quando consumidos com moderação, trazem inúmeros benefícios à nossa saúde, ao nosso corpo e à nossa mente. Inclua o consumo em seu dia a dia e sinta os benefícios que eles poderão proporcionar a você também.
Apesar de ser preparado de forma simples, o chá de hibisco combina com outras bebidas líquidas, como drinques ou sucos, podendo ser utilizado inclusive como geleias.
Dica da nutricionista: lembrando que o método adequado para o preparo dos chás mencionados acima é sob infusão. Para preparar, coloque a água para esquentar e quando levantar fervura, desligue o fogo e coloque a erva. Abafe por cerca de 10 a 15 minutos com uma tampa, coe e está pronto para beber.
O período de tratamento de ambos deve ser feito por 20 dias consecutivos e 7 dias de pausa.
Fonte: Marcela Mendes

Deixe uma resposta