Com belezas naturais e uma paisagem exuberante, o Pantanal é uma região rica em diversidade e cultura. Nesse cenário existem ingredientes repletos de nutrientes e de sabores que compõe os pratos típicos, sendo a culinária marcada pela simplicidade, por alimentos integrais e por os que conseguem fornecer energia necessária para que o pantaneiro enfrente o dia de trabalho pesado.

Hoje vamos conhecer alguns alimentos e pratos culinários que fazem parte da cultura alimentar dos pantaneiros.

1 – Peixes de água doce

Por causa dos rios e da subida das águas em parte do ano, a pesca é muito presente na região. E por isso, o consumo de peixes é muito alto, principalmente, peixes como o pacu, dourado e pintado. O que torna a alimentação dos pantaneiros rica em gorduras boas, o ômega-3. Este nutriente é um acido graxo essencial, ou seja, nosso corpo não tem a capacidade de produzir, sendo necessária sua suplementação. Encontrado principalmente no óleo de Peixe, o ômega- 3 tem ação anti-inflamatória, auxilia no controle e redução do colesterol, triglicerídeos e pressão arterial. Além de ajudar a prevenir e retardar o desenvolvimento de doenças neudegenerativas, como o Alzheimer.

2- Guaraná em pó

A rotina de trabalho é bastante intensa e por isso os pantaneiros utilizam ingredientes estimulantes que vão auxiliá-los a terem mais disposição e vigor físico. Um desses ingredientes é o guaraná em pó que é utilizado diluído em água e consumido no desjejum. Esse ingrediente além de ser estimulante também auxilia na concentração e foco para as atividades diárias.

3- Arroz com pequi

Esse prato é típico do Centro-oeste e possui sabor e aroma marcantes. O arroz é um alimento muito comum na culinária brasileira, fonte de carboidratos, minerais, como o fósforo, ferro, potássio e vitaminas, como as do complexo B, que são importantes para fornecer energia para o corpo. Já o pequi é uma fruta rica em vitaminas, como vitamina A e C, minerais e antioxidantes importantes para a saúde cardiovascular e saúde ocular. Quando combinados, o prato se torna muito nutritivo e saboroso.

4 – Sopa paraguaia

Apesar do nome remeter a sopas e caldos, a sopa paraguaia é uma torta salgada preparada com milho, ovos, queijo e fubá. Pelos ingredientes, como o milho, a sopa paraguaia é um prato fonte de carboidratos e fibras, que além de fornecer energia para as atividades diárias, pode contribuir para o bom funcionamento intestinal, por efeito das fibras. Prato bastante presente no café da manhã ou no lanche da tarde.

Referência:

Pedro F. et al. Effect of pequi fruit (Caryocar brasiliense) on body composition and blood pressure of physically active adults: a quasi-experimental study. South American Sciences, 2021.

TBCA, 2020.Oliveira AM; Souza GC. Nutrição em cardioendocrinologia. 1ªed. Rio de Janeiro: Rubio, 2018.

Receita de Farofa de banana da terra:

Deixe uma resposta