Batata doce é um tubérculo muito consumo pelos praticantes de atividade física pois fornece energia, contribuindo a performance esportiva, mas o que muitos não sabem é que essa raiz possui muitos outros benefícios para a saúde.

Essa raiz é um vegetal delicioso, nutritivo e muito versátil, podendo ser preparado de diversas maneiras diferentes, como purês, chips, assada, batata palha, cozida, no preparo de massas, pães e bolinhos. Possui um sabor levemente adocicada e pode ser encontrada em vários tamanhos e cores, como laranja, branca e roxa. Além de saborosa, a batata doce é rica em vitaminas A, B5, riboflavina, niacina, tiamina e carotenoides, proporcionando vários benefícios à saúde.

Fontes de antioxidantes, contém vitaminas A e C, que possuem ação antioxidantes, protegem as células contra o envelhecimento precoce das células e doenças degenerativas. Quanto mais variar as cores da batata doce, mais ofertas de antioxidantes encontrará.  Vale destacar a importância para o sistema imunológico, pois cor alaranjada é uma fonte de betacaroteno, convertido em vitamina A. Uma das principais funções dessa vitamina é o fortalecimento do sistema imune e a prevenção da saúde ocular.

A batata doce contém altas quantidades de fibras, tanto solúveis como insolúveis, essas são essenciais para a saúde e o bom funcionamento intestinal, pois além de contribuir para o aumento da saciedade, reduzindo quadros de compulsão alimentar e fome, o que pode ajudar no processo de emagrecimento, também contribuem para a microbiota intestinal, ajudando a saúde das células intestinais.

Para quem busca mais energia, ela é uma ótima aliada. A batata doce é classificada como carboidrato de baixo índice glicêmico, ou seja, quer dizer que quando consumida, ela será absorvida lentamente pelo organismo, fazendo com que não haja picos de açúcar no sangue. Pois quando os carboidratos são digeridos, esses são transformados em glicose (açúcar), para fornecimento de energia para as células. Mas dessa forma, a batata é transformada em açúcar mais lentamente, sendo interessante seu consumo antes da prática esportiva, pois o corpo usará essa energia para disponibilizar aos músculos durante toda a atividade física. Ainda quando falamos sobre exercício físico, esse alimento pode ser ofertado após a atividade para repor os estoques energéticos a fim de evitar a perda de massa muscular.

Assim como a batata doce, existem outros alimentos que podem fazer parte da dieta para ofertar vitaminas, minerais e energia, como aipim, inhame, cara, beterraba, entre outros. A dica é variar! Pois dietas monótonas não fornecem todos os nutrientes necessários para a saúde. Inclua na alimentação a ingestão de frutas, verduras e legumes, que são fonte principalmente de fibras, vitaminas e minerais. 

Referências

https://www.scielo.br/j/bjft/a/VZhDQ4bVL4sD3WZg6X5Qp8y/?format=pdf&lang=pt

Segunda sem Carne : Batata Doce Recheada com Champignon e Espinafre

Priscila Gomes

Priscila Gomes é nutricionista registrada (CRN-3 29036) Graduada pelo Universidade Paulista. Atua na área de marketing nutricional e funcional na rede Mundo Verde, onde realiza treinamentos de capacitação para equipe de campo nos diferentes estados do Brasil, além do suporte nutricional atrelado a equipe de marketing da empresa.

Deixe uma resposta