O inverno chega e as desculpas vêm com ele, não é mesmo? Sim, lá vem as desculpas para comer mais, para abusar das opções mais calóricas, ricas em gorduras e açúcares. Pode isso? Para os abusos, a resposta é sempre NÃO. Pare de inventar desculpa para si mesmo e foque em seu objetivo de vida e saúde.
É verdade que o nosso metabolismo diminui no inverno e por isso ganhamos peso com mais facilidade? Não, muito pelo contrário. No inverno, nosso metabolismo tende a ficar mais acelerado, uma vez que pela queda de temperatura, o corpo precisa trabalhar muito mais para manter a temperatura corporal, gastando mais energia.
O problema está justamente nesse gasto de energia, pois o corpo pede mais por alimentos que possam suprir essa necessidade. Ou seja, acabamos ingerindo alimentos que nos fornecem energia de maneira rápida (massas, pães, arroz, doces…) para manter as atividades do corpo em pleno funcionamento.
Sendo assim, precisamos nos atentar aos alimentos e às quantidades que ingerimos. Ganhar peso no inverno não é uma regra, mas as chances são maiores. Atenção às suas escolhas!
Confira seis truques que vão te ajudar a combater a fome e perder peso sem que lhe falte nada no inverno.
Mexa-se: enquanto o cansaço e o estresse podem enganar seu cérebro e despertar interesse por alimentos nada saudáveis, saiba que gastar energia pode te ajudar a resistir as terríveis tentações. Mexa-se! A prática de ioga, pilates, caminhada e outros tipos de exercícios podem influenciar na diminuição do seu apetite.
Planeje suas refeições: realizar pequenas refeições entre as principais é o segredo para evitar consumo excessivo. Assim como é importante determinar refeições menores, também é interessante programar suas refeições para os dias da semana. Dedique um tempo do seu domingo ou da sua segunda-feira e programe o cardápio da semana, isso pode lhe ajudar a não comer fora do combinado.
Não pule o café da manhã: um recente estudo publicado no British Journal of Nutrition mostrou que pessoas que ingeriam porções maiores de gorduras, carboidratos e proteínas no café da manhã, se sentiam mais saciadas e comiam menos ao longo do dia. Sendo assim, aposte no café da manhã!
Substitua gordura ruim por gordura boa: pense bem quando escolher o tipo de gordura que está ingerindo. Substitua gorduras saturadas presentes em alimentos fritos, processados e embutidos (que tendem a entupir nossas artérias), por gorduras saudáveis para saúde cardiovascular, como óleo de abacate, óleo de coco, óleo de linhaça, de chia, azeite de oliva extravirgem e óleo de peixe.
Consuma mais fibras durante o dia: elas são ótimas opções para dar saciedade, controlar os níveis de colesterol e açúcar no sangue, além de contribuir para o bom funcionamento intestinal. Inclua cereais integrais, frutas, verduras e legumes em suas refeições.
Em cada refeição, inclua boas fontes de proteína: quando incluímos fontes proteicas em nossas principais refeições, nos saciamos por mais tempo e isso auxilia no controle de peso. Ovos, peixe, legumes, nozes, sementes (chia, quinoa, amaranto) e iogurtes são ótimas fontes de proteínas saudáveis.
Não invente desculpas e não sabote a sua dieta somente porque o frio chegou. Cuide do seu corpo em todas as estações do ano, ninguém fará isso melhor do que você.
Fonte: Marcela Mendes

Deixe uma resposta