20 de April de 2015

Depressão é doença, não é loucura

Postado por: Mundo Verde em 9 de abril de 2015

Muito tem se falado sobre a depressão e que, em alguns casos, ela pode estar relacionada com atos que colocam em risco a vida de outras pessoas. Mas não é bem assim. Depressão é uma doença como qualquer outra. Não deve ser associada à loucura, nem à preguiça e nem à irresponsabilidade.

Ela também pode ocorrer em qualquer fase da vida: em crianças, jovens, adultos ou idosos. E os sintomas podem variar conforme o caso.

Cerca de 350 milhões de pessoas no mundo sofrem de depressão, uma doença incapacitante que pode variar de intensidade e duração. É classificada em três diferentes graus: leves, moderados e graves.

Mas é importante diferenciar a tristeza patológica daquela passageira, provocada por acontecimentos desagradáveis quando uma pessoa fica triste, mas acaba encontrando uma forma de superá-los. Com a depressão não é assim, a tristeza não dá tréguas, o interesse pelas atividades desaparece e o humor permanece deprimido praticamente o tempo todo.

Fatores genéticos, acontecimentos traumáticos na infância ou uso de drogas são alguns gatilhos para as crises. Se você anda desanimado, meio triste, e acha que a vida não tem mais graça, procure assistência médica. O diagnóstico precoce é o melhor caminho para colocar a vida nos eixos outra vez.

A família e os amigos podem ajudar identificando certos sintomas e comportamentos. O apoio de todos é importante para quem sofre de depressão ter forças para seguir o tratamento.

Quanto melhor informados, mais chances de receber bem o diagnóstico. Além disso, há evidências de que a atividade física associada aos tratamentos farmacológicos e psicoterápicos representa um recurso importante para reverter o quadro.

Acredite, pois é possível superar os obstáculos. :)

 

Fonte: Dr. Drauzio Varella

RPG pode prevenir problemas que chegam com a idade

Postado por: Mundo Verde em 6 de abril de 2015

A vida é corrida, mas nós, às vezes, somos parados demais. E essa inércia não contribui para um bom envelhecimento com mais qualidade. Dentre outras partes do corpo afetadas com a chegada da idade, as costas costumam sofrer bastante. Mas o que fazer para que o corpo não se torne “duro”? E como evitar a cifose torácica – a famosa corcunda?

A RPG – Reeducação Postural Global – é um dos métodos mais usados no mundo e uma ótima forma de preservar a coluna vertebral saudável. Utiliza-se de posturas específicas para o alongamento ativo dos músculos para manter a estabilidade do corpo diante da gravidade, dos movimentos e da manutenção das posturas. Com a RPG é possível tratar:

- Postura

- Sequelas de acometimentos neurológicos

- Acidentes

- Dores

- Lesões articulares

- Patologias reumáticas

- Dificuldades de equilíbrio

- Personalidade (autoestima em adolescentes e casos de depressão)

Vale ressaltar que só um fisioterapeuta pode aplicar a técnica. Normalmente a sessão de RPG acontece uma vez por semana, com duração de aproximadamente uma hora.

Ao melhorar a postura, uma pessoa pode desenvolver uma autoestima maior, ter melhoria na estética e nas atividades da vida cotidiana.

Se sentir algum desconforto ou dores na coluna, procure um profissional especializado. E sempre que possível, mexa-se, arrume um tempinho para se esticar. Vamos lá?

Fonte: Universo Jatobá

Jardins flutuantes recuperam rios poluídos

Postado por: Mundo Verde em 2 de abril de 2015

Como seria bom se os rios de nossas cidades fossem limpos… Poder passar um tempo passeando as suas margens, sentir a vida ressurgindo através de uma paisagem mais agradável…

Pois é, um rio saudável é um rio vivo. Com água limpa, ele suporta uma grande diversidade de vida aquática. É um ciclo: quanto mais diversidades em plantas, peixes, tartarugas, entre outras formas de vida, mais resistente o rio fica contra os impactos da poluição, sejam eles da área urbana, agrícola, esgoto ou indústria.

Para recuperar rios e canais, uma empresa escocesa desenvolveu um sistema de ilhas flutuantes. Elas aumentam a vida aquática, levando a um curso de água mais equilibrado e revitalizado.

Esses ecossistemas aumentam a transparência da água, reduzem as algas, os odores, os riscos para a saúde. Também aumentam a resistência dos rios, os atrativos para visitação e a autoestima no entorno.

Essa ação inovadora já conseguiu despoluir o canal Paco, da cidade de Manila, nas Filipinas. Antes, o canal era destino final de lixo e esgoto.

O sistema ainda tem outra vantagem: o custo. Gasta-se menos do que a metade do que se gasta com estações de tratamento convencionais, segundo a empresa.

Podia chegar aqui no Brasil, não acham?

 

Fonte: Exame

Atenção para o preço das tarifas de eletricidade

Postado por: Mundo Verde em 31 de março de 2015

Agora você deve ficar de olho na sua conta de luz mês a mês para saber se haverá acréscimo na tarifa, pois quanto mais baixos os reservatórios das usinas hidrelétricas e quanto mais ativas as usinas termelétricas, maior será o aumento no valor total da conta.

Ou seja, se os níveis dos reservatórios caem pela falta de chuvas, as usinas hidrelétricas não conseguem gerar energia suficiente para abastecer o país, dessa forma, as usinas termelétricas são acionadas, mas elas geram energia a partir de combustíveis fósseis – que poluem mais – e a preços mais altos.

A medida torna a cobrança mais transparente e serve para alertar os consumidores e incentivar a economia de energia, além de cobrir gradualmente os custos do acionamento das usinas termelétricas. Então, preste atenção na sinalização feita por meio de bandeiras exibidas na conta.

Amazonas, Amapá e Roraima ficarão de fora do sistema de Bandeiras Tarifárias e não terão alteração em suas contas.

Veja o que significa cada bandeira e use a energia com consciência:

Bandeira verde: as condições são favoráveis para a geração de energia. Assim, a tarifa não sofre nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: as condições de geração são menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,025 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha: as condições de geração são mais custosas. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,055 cada quilowatt-hora kWh consumidos.

Fonte: Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica

Energia pode vir de onde menos se espera

Postado por: Mundo Verde em 26 de março de 2015

Já pensou que a luz de sua casa poderá ser gerada por xixi? Essa novidade está sendo testada no Reino Unido para ajudar comunidades isoladas no continente africano. Trata-se de um mictório que utiliza uma célula de combustível microbiana para transformar a urina em eletricidade.

A tecnologia funciona a partir da utilização de micróbios vivos, que se alimentam da urina para o seu próprio crescimento e manutenção, transformando diretamente o xixi em energia, suficiente para manter as luzes acesas sem o auxílio de tecnologias caras e complexas.

Em 2013, o xixi foi usado como combustível alternativo no Brasil. O trio elétrico do AfroReggae, no Rio de Janeiro, instalou mictórios adaptados, onde a urina dos foliões era usada para movimentar um dínamo e gerar energia.

Interessante, não é? Uma lâmpada na mão, uma ideia na cabeça e o xixi no mictório.  :)

 

Fonte: Mundo Sustentável

Truques para deixar suas roupas sempre novas

Postado por: Mundo Verde em 24 de março de 2015

Cuidar bem de suas roupas merece um ritual específico e nada complicado! Você pode seguir alguns truques simples para manter as peças novas por muito mais tempo. Algumas dicas também ajudam a agredir menos o ambiente.

- Lave as roupas com água fria. Isso economiza energia, preserva a cor, a forma e o tamanho das peças.

- Não exagere na quantidade de sabão em pó e de amaciante. Se houver excesso, eles diminuem o brilho e podem danificar a peça.

- Deixar as peças de molho por meia hora em água e vinagre ajuda a manter o colorido.

- Se alguma roupa desbotou, coloque uma xícara de café ou de chá na lavagem.

- Nunca deixe o zíper aberto, pois pode prender e puxar outra roupa.

- E como ainda falta um pouco para o inverno, prefira guardar as roupas mais pesadas em sacos com zip, assim você evita o acúmulo de poeira, mofo e traças.

Pense que uma roupa deve ser um investimento, comprando menos, mas peças de qualidade, você diminui o consumo nas lojas e ajuda a preservar o meio ambiente!

 

Fonte: Universo Jatobá

Diga não, mas com boa energia

Postado por: Mundo Verde em 19 de março de 2015

Já se sentiu constrangido com vontade de dizer não, mas teve que recuar por medo de não ser bem aceito?

Muitas pessoas têm dificuldade em expor os sentimentos, pois têm medo de magoar ou ofender alguém. Elas próprias ficam magoadas, com raiva, mas se calam.

Para termos uma vida saudável, não é preciso concordar com tudo, nem dizer sim para tudo. Cada um tem o direito de manifestar sua individualidade, por isso, o não deve ser perfeitamente permitido.

Dizer não é um exercício de autoestima. É o momento em que você pode existir e ocupar o seu verdadeiro espaço.

Quando você começa a exigir menos da vida e de si mesmo, começa também a se sentir melhor, mais seguro e seletivo, disposto a fazer as melhores escolhas.

Melhorar nesta questão de dizer não, exige uma boa dose de determinação e prática, até sair do estado de energia represada e raiva acumulada. E depois, o não vai se tornar uma palavra forte, mas com energia boa.

Pense nisso.

 

Fonte: Planeta Sustentável

A melhor cidade do mundo para se viver

Postado por: Mundo Verde em 17 de março de 2015

Você está pensando em mudar de vida ou experimentar uma viagem inesquecível? Mesmo que seja só para sonhar, a gente dá a dica da cidade com a melhor qualidade de vida do mundo: Viena, a capital da Áustria.

É o sexto ano consecutivo que Viena entra para o topo da lista. O segundo lugar ficou com Zurique, capital da Suíça, seguida pela neozelandesa Auckland e pela alemã Munique.

O ranking foi estabelecido após a realização de um estudo britânico que levou em conta o ambiente político, social, econômico e sociocultural de 230 cidades.

Entre as brasileiras que figuram na lista, Brasília foi a melhor colocada, na 107ª posição. O Rio de Janeiro aparece em 119º lugar e São Paulo na 120ª posição.

Outros quesitos que entraram na avaliação foram as condições médicas e de saúde, o padrão das escolas e da educação, a situação dos serviços básicos e do transporte público, além das opções de lazer, disponibilidade de consumo, situação das moradias e o ambiente natural das cidades.

Se nossas cidades não estão nem perto do topo da lista, não podemos desanimar. Precisamos agir sempre para melhorar cada quesito, pois, em conjunto, podemos mais.

 

Fonte: Planeta Sustentável

5 truques de beleza caseiros e baratos

Postado por: Mundo Verde em 12 de março de 2015

A grana está curta para comprar todos os produtos de beleza essenciais para uma mulher ficar linda? Tem alergia? É a favor de produtos ecologicamente corretos?

O mundo não vai acabar e há solução! Confira algumas dicas caseiras e baratas para ficar sempre bela.

Para fixar a maquiagem: use gelo! Se você não possui um primer para ser usado antes da base, do corretivo e do pó, use algumas pedrinhas de gelo embrulhadas em um pano limpo e macio. Pressione levemente, sem esfregar. Isso fechará os poros e permitirá que a maquiagem fique mais profissional.

Para limpar e esfoliar a pele: a esfoliação serve para remover as impurezas acumuladas na pele e também as células mortas. Misture um pouco de mel e açúcar, é muito simples. Aplique a receita no rosto, massageando em seguida.

Para aliviar o inchaço do rosto: anda dormindo mal, trabalhando ou estudando demais? A resposta pode estar estampada no seu rosto. Para aliviar a vermelhidão e diminuir o inchaço, use chá de camomila. Prepare-o normalmente, coloque-o na geladeira por uma noite. Na manhã seguinte, molhe um algodão no chá e passe no rosto, principalmente nas áreas inchadas.

Para hidratar a pele: amasse um pedaço de mamão e misture-o com um pouco de mel. Essa excelente máscara deve ser aplicada no rosto e deixada por alguns minutos. Depois, lave o rosto com água corrente.

Para uma aparência fresca e bonita: use um spray de água mineral ou água de coco no rosto. Ajuda a deixar a pele com uma boa aparência.

A natureza nos oferece tudo, agora é preciso aprender a tirar proveito e ser criativo ao usar seus recursos. Viu como é fácil?

 

Fonte: Dicas de Mulher

Na América Latina, Bogotá é a cidade que mais anda de bike

Postado por: Mundo Verde em 10 de março de 2015

A bicicleta parece mesmo ser o transporte do futuro. Quem diria, sem motor, sem tanto conforto, onde a tração humana é que faz a magrela sair deslizando por aí. Ela faz jus à máxima de que menos é mais.

No IV Fórum Mundial da Bicicleta, realizado em Medellín, na Colômbia, de 26 de Fevereiro a 1 de Março, deu-se a conhecer um perfil dos viajantes cada vez mais destemidos que se aventuram nas grandes metrópoles latinas.

O evento nasceu em Porto Alegre, depois que um automóvel atropelou 20 ciclistas em 2011.

Bogotá é a cidade latino-americana onde mais se anda de bicicleta e a que conta com mais quilômetros de ciclovias. São 611.472 viagens de bicicletas por dia e 392 quilômetros de ciclovias. O Rio de Janeiro aparece em 3º. Lugar.

5% dos deslocamentos da população em Bogotá são feitos de bicicleta.

Santiago, capital do Chile, é a segunda cidade na AL com mais deslocamentos diários de bicicleta (510.569), seguida pelo Rio (217.000).

E na sua cidade? Qual a importância dada às bicicletas como meio de transporte?

 

Fonte: Exame